• banner formacao 2
  • banner metasV2
  • banner objetivo

A Defesa de Tese de Doutorado do aluno Carlito Lessa da Silva foi realizada às 08 horas do dia 24 de agosto de 2016, no Auditório Professor Halley Pacheco de Oliveira – 8º andar do HUCFF/UFRJ.

Introdução
A associação entre as alterações da curva do pulso de oxigênio (PuO2) durante o teste cardiopulmonar de exercício (TCPE) e a presença de isquemia miocárdica tem sido sugerida em alguns estudos.

Objetivo
Avaliar as associações entre as alterações na curva do PuO2 e os achados na cintilografia de perfusão miocárdica (CPM) em indivíduos com anatomia coronariana definida.

Métodos
Estudo prospectivo de 40 pacientes (60% homens, com média de idade de 57± 9,6 anos) com fração de ejeção de ventrículo esquerdo (FEVE) de 64% ± 8,9% no ecocardiograma e angiografia conhecida. Daqueles que tinham DAC, 11- tinham doença univascular, 06- tinham doença bivascular, 09- tinham doença trivascular e outros 14 não tinham DAC. Todos os indivíduos foram submetidos a um TCPE máximo no protocolo em rampa, sendo administrado no pico do esforço 25mCi de 99mTc-Sestamibi com aquisição das imagens em gama câmera realizada até 60 minutos. As variáveis de interesse do TCPE e da CPM foram registradas. 

Resultados
O PuO2 mostrou valores médios diferentes somente em relação ao sexo, com maiores valores para o sexo masculino (p=0,017). Em relação aos dados angiográficos, não foram encontradas associações entre as curvas do PuO2 e a gravidade da DAC, p>0,05. A avaliação do slope do equivalente ventilatório do CO2 (VE/VCO2), mostrou associação com a gravidade da DAC p<0,05, mas não com os tipo de curva do PuO2. Por fim, verificou-se que o escore SRS foi um preditor indepentente dos tipos de curvas do PuO2 C e D.

Conclusão
As alterações na morfologia da curva do PuO2, não mostraram associações com a presença de DAC e com o a gravidade da lesões angiográficas. Contudo as curvas do tipo C e D apresentaram associação com a presença de isquemia miocárdica e com a presença de fibrose miocárdica (SRS).

pdf-icon Confira a Defesa de Tese de Doutorado aqui.

Veja abaixo as fotos da defesa
IMG 4818

 

Topo